quarta-feira, 17 de abril de 2013

Perguntas e Respostas: Cinco dias no Marrocos


Sempre recebo e-mails e mensagens de pessoas com dúvidas sobre viagens. São perguntas sobre roteiros, atrações, hospedagem, dinheiro, passagens aéreas, etc. Então, resolvi criar uma seção de perguntas e respostas, que postarei aqui no Cruzando Fronteiras sempre que houver alguma pergunta interessante e que eu ache que possa ser útil para os demais leitores. Portanto, se você tiver alguma dúvida ou quiser uma ajuda no planejamento de sua viagem, é só entrar em contato. Se puder, adorarei ajudar! E quem sabe sua pergunta não aparece aqui no Blog. Vamos à próxima pergunta!

Oi Luiz! Tudo bem? Vi que você passou uma temporada pelo Marrocos, então creio que você possa me ajudar! Finalmente consegui uma brecha pra ir para Marrakech e para o deserto, mas ainda estou indecisa sobre quanto tempo ficar. Por ora, tenho cinco dias inteiros e uma manhã, das quais três talvez seriam para o deserto (ou dois, ainda não sei) e outros dois dias inteiros e a manhã para Marrakech (pretendo ver o nascer do sol na última manhã). Acha que esse esquema é suficiente pra conhecer Marrakech? Ainda existe a possibilidade de eu atrasar meu retorno e ficar um dia a mais, mas ainda acredito que a melhor solução seria ficar cinco dias e uma manhã. O medo apenas é tudo ficar muito corrido. O que acha?! Poderia me dar umas sugestões? Lize.

Olá, Lize, tudo bem? Eu acho que dois dias e uma manhã são sim suficientes para você experimentar a loucura e a magia que é Marrakech! Logo num primeiro momento você vai sentir o choque cultural que é a cidade, mas com o tempo vai conseguir aproveitar bem o lugar, principalmente a Praça Djema el Fnaa. É claro que três dias inteiros seria melhor (Marrakech nunca é demais!), mas acho que o tempo que você reservou é sim suficiente.

Em relação ao deserto, eu visitei as dunas de Merzouga que ficam mais próximas a Fez, então não tenho experiência em primeira mão de viagem ao deserto a partir de Marrakech (nas dunas na região de Zagora), mas sei que existem muitas agências que fazem tours partindo de Marrakech e passando também por Ouarzazate (que é outro lugar incrível) até chegar ao deserto. Alguns tours duram dois ou três dias, outros mais. Então, vale a pena pesquisar e também comparar os preços, já que esses pacotes não são tão baratos assim. Quando eu estive no Marrocos, eu aluguei um carro e dirigi por conta própria pelo país, e foi uma experiência bem legal. Mas não se você está disposta a isso, nem se vai viajar sozinha ou acompanhada (os gastos com um carro são relativamente altos, e viajando sozinha pode ficar caro demais). Sem um carro, viajar ao deserto a partir de Marrakech fica mais fácil em um tour mesmo...

Se você ficar um dia a mais no país, eu sugiro um day trip para Essaouira, uma cidadezinha histórica que fica a umas três horas de Marrakech, mas que é possível visitar em um só dia, de ônibus (um pouco corrido, mas é possível).

Espero ter ajudado um pouco no seu planejamento, mas qualquer outra coisa, é só escrever, hein!


5 comentários:

  1. Luiz, sabe me dizer quanto tempo levo de carro para ir de Marrakech até Fes? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucas, tudo bem? Você vai levar aproximadamente sete ou oito horas, se você fizer uma ou duas pequenas paradas no caminho. A estrada que liga essas cidades é razoavelmente boa, mas não existem muitas atrações no caminho, e o cenário não é particularmente bonito. Normalmente, os viajantes preferem ir de trem noturno (que também leva aproximadamente 7 horas) ou então de ônibus, pela empresa CTM, que são bons e tem ar-condicionado. Qualquer outra dúvida, é só escrever! Abraços!

      Excluir
  2. luiz bom dia ... sabe me informar o custo de 5 dias lá em marrocos?

    ResponderExcluir
  3. luiz bom dia!!!
    sabe me informar o custo de 5 dias lá em marrocos com a hospedagem sugerida em marrakech

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia! Tudo bem?

      O principal custo dessa viagem com certeza será o preço da passagem aérea. Quando eu estive no Marrocos, o bilhete de ida e volta, a partir do Rio de Janeiro, me custou aproximadamente R$ 2.500. Mas, numa época tão concorrida quando o período do Mundial de Clubes, acredito que a passagem vai estar bem mais cara. É claro que o preço depende do dia em que você for e do dia da volta também. Quanto mais próximo à data dos jogos, mais caro deve sair a passagem. Se você puder chegar uns dias (ou até uma semana antes) do início do campeonato e voltar uns dias depois também, é possível que você ache algum bilhete mais em conta. Mas, de uma forma geral, acho que a passagem não sairá por menos do que R$ 3.000, ida e volta (talvez até R$ 3.500, dependendo do dia que você for viajar).

      O restante dos gastos não devem ser muito altos. Quando eu estive no Marrocos, eu gastei aproximadamente uns 60 dólares por pessoa, por dia. Eu viajei com a minha esposa e isso me ajudou a reduzir os custos. É claro que o custo por dia depende muito do estilo de viagem de cada um, da experiência de cada um em economizar no dia-a-dia, do quanto cada um gasta com presentes e compras, se vai sozinho ou em grupo, se vai alugar um carro ou não, fazer tours e passeios mais longos, etc. Mas, acho que o custo diário deve girar em torno desse valor, talvez numa margem de 60 a 80 dólares por dia.

      Então, considerando que o bilhete aéreo deve sair em torno de R$ 3.000 ou R$ 3.500 reais, com um roteiro de uma semana e um gasto por dia de 60 a 80 dólares, acho que a viagem no geral sairia por algum valor entre R$ 4.000 e R$ 5.000.

      Tente achar um hotel barato (Ibis, por exemplo), ou um albergue. Pode ser uma boa forma de economizar, principalmente se você for viajar sozinho.

      Ah, e nesse orçamento não estão incluídos os ingressos para os jogos, é claro!

      Se possível, tente ficar mais dias (chegando antes e saindo depois). O gasto que você terá a mais pela permanência no país, pode ser compensado pela passagem mais barata - e no final pode valer a pena.

      Bom, espero ter te ajudado um pouco. E, qualquer coisa, é só escrever!

      Abraços,

      Luiz

      Excluir