quarta-feira, 18 de julho de 2012

Programas de Milhagem: respondemos às suas perguntas!


Aproveitando que estamos no mês de férias (um período em que muitos estão pensando em viajar – ou sonhando com a sua próxima viagem), publico aqui uma coletânea de perguntas sobre as milhas e os programas de milhagem. Espero que sejam úteis nos seus futuros planos e, qualquer outra dúvida, é só me escrever!


1)      Quais as vantagens de fazer parte dos programas de milhagem? 

Participar dos programas de milhagem é sempre vantajoso para os viajantes - sejam passageiros freqüentes ou mesmo aqueles que só viajam eventualmente. Por não terem custos de adesão ou manutenção, a pessoa que adere a esses programas não tem nada a perder. 

Além de acumular pontos com os próprios vôos nas companhias aéreas participantes, o viajante também pode acumular pontos com os gastos no cartão de crédito (é só conferir com o banco emissor do seu cartão, se ele oferece um programa de pontuação ou milhagem). E isso é uma grande vantagem, já que é bastante comum pagarmos altas contas no cartão de crédito ao final do mês. Utilizando o programa de pontos dos cartões de crédito, portanto, a pessoa pode transformar aquelas despesas mensais em milhas, e utilizá-las para as sonhadas férias!

2)      O que você sugere para acumular milhas mais rápido? 

O jeito mais rápido de se acumular milhas é viajando bastante - e tentando concentrar as suas viagens em uma só companhia aérea. Mas, para a maioria das pessoas (dentre as quais me incluo), viajar é um privilégio e não é possível viajar tão freqüentemente quanto gostaríamos. Sendo assim, uma alternativa é utilizar os seus gastos no cartão de crédito para ir acumulando milhas aos poucos. Muitos cartões de crédito oferecem programas de pontuação que podem ser trocados por milhagem em diversos programas (como o Smiles, TAM Fidelidade, etc). Vale a pena, então, concentrar os seus gastos mensais e corriqueiros no seu cartão de crédito e ganhar pontos com isso. Só não vale perder o controle das suas despesas por causa disso. Fique atento ao valor das faturas e nunca gaste mais do que você pode pagar no final do mês! 

Uma dica legal é usar o seu cartão de crédito para pagar pela passagem aérea, quando você for viajar. Assim, você ganha duas vezes: acumula milhagem ao viajar e ainda ganha os pontos do cartão de crédito!

Ah, e fique atento ao prazo de vencimento das suas milhas! Não há pior do que ver as suas suadas milhas indo embora por um descuido. Mesmo que você não tenha acumulado milhas o bastante para emitir um bilhete, utilize as milhas que vão expirar em breve para obter descontos em passagens aéreas. Afinal, qualquer economia é bem vinda!

3)      Quais cuidados devem ser tomados na hora de trocar as milhas pelas passagens? Você recomenda fazer isso com quanta antecedência? 

Às vezes, mesmo quando conseguimos acumular milhas o suficiente para a emissão de um bilhete aéreo, não conseguimos fazê-lo devido à indisponibilidade de assentos. Portanto, é importante procurar emitir o bilhete com milhas o mais brevemente possível. Mas existem limitações em alguns programas. A TAM, por exemplo, só permite a emissão de bilhetes com no máximo três meses de antecedência. Portanto, fique atento às datas e emita o bilhete assim que possível - garantindo logo o seu lugar e evitando surpresas desagradáveis.

De qualquer forma, é sempre bom ficar atento às promoções, principalmente para aqueles que possuem flexibilidade de datas para viajar. Quando se menos espera, surge alguma ótima oportunidade de viajar com poucas milhas!

4)      Voce pode vender as milhas? Você recomenda isso? 

Apesar da negociação de milhas não ser permitida pelos programas de milhagem tradicionais, é bastante comum encontrar sites especializados na compra e venda de milhas da TAM, Gol/Varig (Smiles) e outras companhias aéreas. Por ser uma operação irregular, existe sempre o risco de alguma coisa dar errado - e você não poderá reclamar com ninguém. Por outro lado, alguns desses sites já estão no ar há bastante tempo, negociando com um grande número de pessoas diariamente. Portanto, pese os riscos e os benefícios e decida se vale a pena arriscar!

5)      Em média, quanto você economiza por viagem que você faz com milhagem? 

Acho que a economia com o uso das milhas é sempre considerável, já que você evita o principal gasto de uma viagem, que é o bilhete aéreo - principalmente nas viagens longas ao exterior. 

Mas uma dica importante é sempre usar as suas milhas nos trechos cujos bilhetes costumam ser mais caros. Por exemplo, com 30.000 milhas da TAM Fidelidade, você pode comprar um bilhete de ida e volta para qualquer destino na América do Sul. Vale mais a pena usar essas 30.000 milhas em um vôo para Bogotá, que custa em torno de R$1.500,00, a usar essas mesmas milhas para um vôo com destino à Buenos Aires, que pode ser encontrado por R$500,00 ou até menos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário