sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Perguntas e Respostas: Preparando um roteiro pelo Marrocos


Sempre recebo e-mails e mensagens de pessoas com dúvidas sobre viagens. São perguntas sobre roteiros, atrações, hospedagem, dinheiro, passagens aéreas, etc. Então, resolvi criar uma seção de perguntas e respostas, que postarei aqui no Cruzando Fronteiras sempre que houver alguma pergunta interessante e que eu ache que possa ser útil para os demais leitores. Portanto, se você tiver alguma dúvida ou quiser uma ajuda no planejamento de sua viagem, é só entrar em contato. Se puder, adorarei ajudar! E quem sabe sua pergunta não aparece aqui no Blog. Vamos à pergunta do dia!

Bom dia Luiz! Muito legal seu blog! Eu queria muito sua ajuda... Estou viajando com uma amiga, partindo do Rio, chegando a Paris, onde fico por seis dias. Seguiremos para Fez e aí começa meu desespero nesse roteiro. Queremos visitar Fez, Meknes, Chefchaouen, Azrou, Marrakesh, Ouarzazat e fazer um passeio pelo deserto. Voltando, por fim, para Marrakesh, de onde voaremos para Londres. Um monte de duvidas sobre o que é melhor. Chegar por Fez? Fazer esses passeios por perto (Meknes, Azrou, etc.) vale a pena? O trem sai de Fez para Marrakesh as duas da madruga. Podemos fazer hora pela cidade sendo tão tarde? Quantos dias para conhecer cada lugar? De Ouarzazat já temos um Riad que faz o passeio ate o deserto, mas até Marrakesh fica por nossa conta. Teremos, ao todo, onze dias para o Marrocos. Estou meio desesperada! Você pode ajudar? Muito obrigada! Norma.

Oi Norma, tudo bem? Antes de qualquer coisa, obrigado pela sua visita ao Cruzando Fronteiras e pelo seu e-mail. Espero ver você sempre por lá, hein! Apesar da falta de tempo que me impede de dar ao site a atenção que gostaria, estou sempre tentando atualizar o blog com novas informações, dicas, etc.

Sobre suas dúvidas, eu acho, a princípio, que você está montando um roteiro bem legal pelo Marrocos. Grande parte das principais atrações do país está incluída e, considerando o tempo que você tem disponível (que não é muito), o seu plano é bem completo – apesar de um pouco ambicioso!

Fez e Marknes são cidades bem próximas entre si. E você pode conhecer a segunda como um day trip a partir de Fez. Ambas são lindas cidades históricas, apesar de eu ter gostado mais de Fez. Nessa região, vale muito a pena você reservar um dia (ou pelo menos meio dia) para conhecer as ruínas romanas de Volubillis. No total, acho que Fez merece uns dois dias só para ela, um day trip para Meknes e outro passeio de meio-dia para Volubilis. Totalizando uns quatro dias em Fez e na região do seu entorno.

Chefchaouen é uma cidade linda e que certamente merece uma visita. O que me preocupa, apenas, é a distância dessa cidade a partir de Fez (aproximadamente 4 horas de ônibus – um pouco longe demais para um day-trip). E esse tempo perdido na ida e na volta pode fazer falta em um roteiro apertado. Mas, se você encaixar bem os dias de deslocamento, acho que dá para inserir essa cidade no seu roteiro. Uma noite na cidade deve ser o suficiente. Tente voltar de Chefchaouen no mesmo dia que você pegar o trem para Marrakesh. Assim você perde menos tempo...

Azrou eu não conheço pessoalmente e, infelizmente, não posso te ajudar muito nessa parte.

Marrakesh, com certeza, será um dos pontos altos de sua viagem. A cidade é incrível e marcante (no seu lado positivo e no lado negativo também). Considerando o pouco tempo que você tem disponível, acho que você poderia passar três dias inteiros conhecendo a Medina e as demais atrações da cidade. Apesar do aparente caos, acho que não é necessário contratar um guia para conhecer Marrakesh. Consiga um bom mapa da Medina e vá com calma. Será necessária uma boa dose de paciência – porque o caos na Medina e os insistentes vendedores às vezes nos tiram do sério!

Ouarzazate é uma cidade bonita, e a sua principal atração é a cidade-fortaleza de Ait-Benhaddou (um lugar magnífico que você não pode perder). Ouarzazate está distante umas cinco ou seis horas de Marrakesh e você perderá um certo tempo chegando até lá. Se possível, tente ver Ait-Benhaddou no caminho entre Marrakesh e Ouarzazate. Mas isso só será possível se você fizer esse trajeto de carro ou taxi – ou então em um tour.

Como eu conheci o Marrocos em um carro alugado, não posso te passar informações mais precisas sobre os ônibus, apenas uma idéia geral das distâncias e do tempo entre as cidades. Mas, se você precisar de mais informações, tente entrar no site Wikitravel ou então no fórum do Lonely Planet. É lá que eu busco quase todas as informações para as minhas viagens...

Considerando que você gastará mais um dia para chegar até lá e conhecer a cidade-fortaleza, acho que o seu roteiro começa a ficar um pouco corrido. Eu não sei quanto tempo você ficará no deserto, mas, se considerarmos a distância, acho que deve ser no mínimo dois dias até você retornar a Marrakesh. De qualquer maneira, um ajuste aqui e outro lá deve ser o suficiente para você finalizar o seu roteiro no número de dias que você tem disponível. Não sei se suas datas estão fixas ou se você tem uma certa flexibilidade. Mas, de qualquer forma, vamos trocando idéias e no final tenho certeza que você terá uma viagem incrível!



2 comentários:

  1. Oi Luiz, vou ao Marrocos de excursão na semana santa. Ficarei um dia inteiro em Casablanca esperando o dia seguinte para começar. Te pergunto: posso entrar na Mesquita? Posso andar de calça comprida a excursão toda? Levo euro ou dolar? Já sei q devo levar pachminas e saia comprida. Geralmente, não contrato excursão, mas para o Marrocos achei melhor. Me comunico c/vc por email, ok?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rachel! Tudo bem? Obrigado pela visita! Espero ver você sempre por aqui, hein! Mas vamos às suas perguntas: a mesquita Hassan II, em Casablanca, é uma das poucas mesquitas marroquinas que aceita visitas de não-muçulmanos. Mas fique atenta, porque ela não abre para visitas nas sexta-feiras - e eu fui lá bem nesse dia e não pude entrar!

      Sobre a vestimenta, o Marrocos não é um país tão conservador como muitos pensam (principalmente nas grandes cidades), e o enorme número de turistas significa que o povo local está acostumado com tudo. Eu vi até mesmo mulheres andando de short e top na Medina de Marrakesh! Então, não se preocupe muito com isso, mas, de qualquer forma, é sempre melhor de vestir de forma discreta para evitar olhares, cantadas ou até mesmo umas apalpadas dos homens locais! Se você for em grupo, numa excursão, as chances de qualquer problema ficam ainda menores, e o máximo que você deve esperar é ouvir algumas gracinhas.

      E sobre o dinheiro, eu só levei alguns dólares para emergências - e acabei nem usando o dinheiro. Eu preferi sacar tudo com o meu cartão de débito. Sobre isso, dê uma olhada aqui no site, pois eu já escrevi alguns posts sobre isso.

      Bom, espero ter ajudado um pouco e, qualquer outra dúvida, é só escrever! Se preferir, me mande um e-mail - o endereço está aqui mesmo no blog. Abraços!

      Excluir