quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Perguntas e Respostas: Dicas para uma viagem ao Peru


Sempre recebo e-mails e mensagens de pessoas com dúvidas sobre viagens. São perguntas sobre roteiros, atrações, hospedagem, dinheiro, passagens aéreas, etc. Então, resolvi criar uma seção de perguntas e respostas, que postarei aqui no Cruzando Fronteiras sempre que houver alguma pergunta interessante e que eu ache que possa ser útil para os demais leitores. Portanto, se você tiver alguma dúvida ou quiser uma ajuda no planejamento de sua viagem, é só entrar em contato. Se puder, adorarei ajudar! E quem sabe sua pergunta não aparece aqui no Blog. Vamos à pergunta do dia!

Oi, Luiz, tudo bom? Nossa, estou super ansiosa, pois vou fazer minha primeira viagem "sozinha" (somente eu e uma amiga) e nunca viajamos para fora do país. Pesquisando na internet, achei seu blog e gostei muito das suas dicas, mas ainda continuo com duvidas e insegura! Tenho um congresso em Lima, no Peru, que vai do dia 29/05 a 02/06. Gostaria de ficar pelo menos até dia 9 no Peru para conhecer outros locais. Pensei, lógico, em Macchu Picchu e no Lago Titicaca. Mas, estou em dúvida sobre o tempo que devo ficar nesses locais. Você poderia me ajudar? Fico em Lima até dia 02/06, ai pego um avião (ou tem outro transporte melhor, mais barato?) vou para Cuzco e de lá fecho um passeio para Machu Picchu (?) e depois parto para Puno (ônibus?) e de Puno tenho que voltar para Lima, pois a passagem sai mais barato se eu comprar de ida e volta para o mesmo lugar! Desculpa o incomodo, mas se puder me ajudar... Beijos! Larissa.

Oi Larissa, tudo bem? Antes de qualquer coisa, obrigado pela visita ao Cruzando Fronteiras. Apesar de não ter atualizado muito o site nos últimos dias (eu estive viajando em janeiro e não consegui acessar a internet com muita freqüência ao longo da viagem), eu tento sempre manter o blog atualizado com textos, crônicas e dicas variadas. Espero ver você sempre por lá, hein!

Sobre a sua dúvida, acho que você está certa em querer conhecer Cuzco e Macchu Picchu nesses cinco dias que você tem “sobrando” após o seu congresso. Macchu Picchu é um lugar mágico e incrível, e Cuzco é uma cidade que, além de ser bela e possuir muitos atrativos por si só, é uma excelente base para se explorar a região do vale sagrado dos Incas. Acho que você poderia reservar um dia para Macchu Picchu e outros três para Cuzco e a região do seu entorno.

Para se conhecer Macchu Picchu a partir de Cuzco, você não precisa contratar um tour. É necessário apenas comprar o bilhete de trem e o ingresso para Macchu Picchu, o que você pode fazer pela internet mesmo. É bem simples e fácil. Eu já postei alguns textos sobre isso aqui no blog mesmo. Dá uma procurada nos posts mais antigos, acho que podem ser úteis no seu planejamento!

De Cuzco para Puno, o transporte é bem simples. Existem muitas companhias de ônibus que fazem esse trajeto, que dura de seis a oito horas, dependendo da companhia. As tarifas são baratas e os ônibus, em geral, são confortáveis. Além dos ônibus regulares, existem também ônibus turísticos, que são um pouco melhores, possuem guias a bordo e fazem paradas no caminho para fotografias. Acho que pode ser uma boa opção!

A cidade de Puno não é muito bonita e nem possui muitas atrações, mas é uma boa base para se conhecer o Lago Titicaca e as Ilhas Flutuantes. Assim que você chegar à cidade, contrate o passeio às ilhas flutuantes para o dia seguinte. Se quiser, você pode tomar o ônibus noturno no mês dia após o passeio (se quiser retornar à Cuzco ou então conhecer Arequipa). Se for voltar de avião, você terá que ir para Juliaca, uma cidade próxima, de onde saem os vôos para Lima.

Os preços dos vôos internos, normalmente não são muito baixos, então vale a pena procurar com atenção. A Taca é a principal empresa do país, mas os preços nem sempre são baixos. A Lan também faz esse trecho, se não me engano.

Com sete dias livres, acho que você deveria conhecer apenas Cuzco, Macchu Picchu, Puno e o Titicaca. Mas com um ou dois dias extras no roteiro, você poderia conhecer a cidade de Arequipa, que é uma pequena cidade colonial, muito bonita e que serve de base para se conhecer o famoso Cânion Del Colca. Ônibus noturnos ligam Puno a Arequipa. E de lá você poderá voar para Lima, com mais opções de empresas de horários (e preços um pouco mais baixos do que saindo de Juliaca). Quem sabe você consegue mexer um pouco nas suas datas e incluir essa cidade?

Algumas boas fontes de informação para o seu planejamento são os sites Wikitravel, Tripadvisor e o fórum do Lonely Planet (todos em inglês). Numa versão nacional, o site Mochileiros.com também pode te ajudar. E não se esqueça de comprar um bom guia levar com você. Isso também pode te ajudar muito no dia-a-dia da viagem!

Bom, espero ter ajudado um pouco no seu planejamento! Mas, se você tiver outras dúvidas, não deixe de escrever! Aos poucos, a sua viagem vai tomando forma. E tenho certeza que no final você vai se divertir muito!



6 comentários:

  1. se alguem souber me informar sobre o ingresso pra machu picchu, pela internet, favor me esclarecer: o valor do boleto esta em real, solis ou dolar. obrigada, renata (renata.moya@ig.com.br)

    ResponderExcluir
  2. Olá Tati! Obrigado pela visita! Espero ver você sempre por aqui, hein!

    Sobre sua pergunta, para comprar o ingresso para Machu Picchu, você deve acessar o site www.machupicchu.gob.pe, onde você também pode conferir os preços, a disponibilidade, etc. A tarifa para adultos estrangeiros é de 128 soles (aproximadamente US$48) e os ingressos são limitados a 2500 por dia. Então, é importante comprar com antecedência, principalmente na alta temporada! E não se esqueça de comprar também o bilhete de trem, já que estes acabam ainda mais rápido do que os ingressos para Machu Picchu.

    Qualquer outra dúvida que você tiver, é só perguntar! Abraços e volte sempre!

    ResponderExcluir
  3. Luiz, você sabe quais empresas fazem o percurso de ônibus noturno puno-cusco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! A maioria dos viajantes opta pelos ônibus turísticos, de empresas como Turismo Mer ou Tourperu, que oferecem serviços voltados exclusivamente para os turistas, com serviço de guias, e que fazem algumas paradas no caminho, com oportunidades de conhecer algumas vilas e tiras umas fotos. O problema é que esses ônibus operam sempre durante o dia.

      Para pegar ônibus noturnos, a opção seria as empresas de ônibus locais, que são bem mais baratas, mas um pouco desconfortáveis. Existem muitas pequenas empresas fazendo esse trecho (dezenas, talvez), então eu acho que você não terá dificuldades de encontrar bilhetes, mesmo em cima da hora. Pergunte no seu hotel ou albergue, e eles devem providenciar isso para você, sem problemas. Ou então vá até o terminal rodoviário no dia anterior e compare os preços e a qualidades dos ônibus pessoalmente antes de escolher um empresa...

      Abraços, e obrigado pela visita!!

      Excluir
  4. Luiz, boa tarde!
    Estamos viajando agora em julho para Cuzco e Machu Picchu. Tá impossível comprar a entrada para Machu Picchu pois o site do governo não está aceitando Visa. Eles pedem 'Verified by Visa' mas o Santander desconhece essa modalidade de cartão. Você tem alguma dica de agente de viagem em Cuzco que possa nos vender apenas o ingresso para o Machu Picchu?
    Abraços,
    Eduardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo, bom dia! Muito obrigado pela visita ao Cruzando Fronteiras e espero ver você sempre por aqui, hein!

      Em relação à compra com o cartão de crédito, eu pessoalmente não tive problemas quando efetuei a minha compra - não sei o porquê, mas o meu cartão de crédito VISA emitido pelo Itaú foi aceito. Mas pelo que eu andei lendo nos fóruns da internet, muitas pessoas estão tendo esse problema e não estão conseguindo comprar pelo site oficial. A alternativa parece ser comprar através de algum agência de turismo peruana ou então diretamente com o albergue ou hotel onde você ficará hospedado.

      Em um e-mail enviado pelo próprio site oficial, em resposta a um questionamento de outro viajante no fórum Mochileiros.com, foi informado que "se puede adquirir su boleto a traves de una agencia de viajes autorizada. El listado lo puede encontrar ingresando a www.machupicchu.gob.pe clic en CONSULTAS en la parte inferior de su pantalla haga clic en AGENCIAS, haga su consulta con cualquiera de ellos".

      Com certeza essa agências cobrarão alguma comissão, então pesquise com várias para comparar os custos. Mas antes não deixe de tentar comprar com o cartão de crédito - se o eu não funcionar, tente usar o de outra pessoa (dizem que é mais fácil com cartões emitidos pelo BRADESCO). O site www.verifiedbyvisa.com.br pode ter alguma informação útil também.

      Abraços!

      Excluir