segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Lonely Planet em nova versão – uma excelente surpresa!


Hoje, comecei a ler – apenas por curiosidade, afinal sonhar não custa nada! – a nova versão do Guia Lonely Planet Índia, lançada em setembro de 2011 e comemorativa aos 30 anos do Lonely Planet. Não sei se todos os guias dessa nova fornada seguem a mesma estrutura do guia indiano (mas vou conferir isso logo, logo), mas tenho que dizer que fiquei muito impressionado com o que estou lendo.

As mudanças para essa nova versão foram muitas. E bastante significativas! Normalmente, pouco se alterava de um ano para o outro, mas dessa vez a Lonely Planet resolveu inovar e revolucionar os seus guias. Agora, o guia está todo em cores (e não apenas as páginas com fotos) e contém muitos novos mapas, inclusive desenhos e ilustrações em 3D das principais atrações (seguindo o modelo dos Guias Ilustrados Folha, que têm nessas mesmas ilustrações o seu maior – senão o único – trunfo). E o guia ainda traz em anexo com um mapa colorido e detalhado de Nova Déli! Além disso, toda a estruturação do guia foi alterada, com novas seções e capítulos, que tornaram o guia muito mais amigável e de fácil leitura. São quadros, tabelas e pequenas chamadas que deixam as informações mais fáceis de localizar. Assim, o guia vai direto ao ponto, de uma maneira que me agradou muito.

Eu só comecei a ler o guia hoje pela manhã, então estou muito longe de concluir minha leitura. Mas já posso dizer que vale a pena ficar de olho nessas novas versões do Lonely Planet. Se eu já achava esses os melhores guias disponíveis, agora não me restam dúvidas: se você for viajar, não se esqueça de levar o seu guia Lonely Planet. Vai tornar a sua viagem mais fácil e mais completa.

Ah, essa nova versão está a venda no Brasil por R$ 69,90 (na FNAC, por exemplo). Acho que é um preço razoável, por um guia tão grande e completo, com 1.232 páginas. Mas, que quiser, pode também encomendá-lo diretamente do site da Lonely Planet por US$ 31,99 (mas com a taxa de entrega para o Brasil de US$ 28 e o tempo de espera de três a seis semanas, não acho que valha a pena).


Nenhum comentário:

Postar um comentário