quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Perguntas e Respostas: Dirigindo até o Kruger – Late Arrival


Sempre recebo e-mails e mensagens de pessoas com dúvidas sobre viagens. São perguntas sobre roteiros, atrações, hospedagem, dinheiro, passagens aéreas, etc. Então, resolvi criar uma seção de perguntas e respostas, que postarei aqui no Cruzando Fronteiras sempre que houver alguma pergunta interessante e que eu ache que possa ser útil para os demais leitores. Portanto, se você tiver alguma dúvida ou quiser uma ajuda no planejamento de sua viagem, é só entrar em contato. Se puder, adorarei ajudar! E quem sabe sua pergunta não aparece aqui no Blog. Vamos à pergunta do dia!

Oi Luiz! Estou indo para a África do Sul e chegarei a Johanesburgo às 12h30, portanto acho que não chego ao Kruger a tempo de pegar os portões abertos! Pois ainda terei que pegar malas e o carro que vou alugar! Então vi que possuo três opções: passar a noite em Johanesburgo e no outro dia cedo ir para a Kruger; ir em direção ao Kruger e dormir em algum lugar o mais próximo possível de algum portão; ou ir para o Kruger e fazer o esquema de "Late arrival" e assim poder entrar no parque até as 21h00 nos portões com campos até 10 km de distancia. A terceira seria a melhor opção o problema é que não consegui até agora descobrir como contrato este negócio de "Late arrival" e nem quanto custa! Vou no início de novembro, então estou correndo contra o tempo! Ah, eu no dia 07, e já volto no dia 11, pela manhã! Obrigada, Ticiane.

Ticiane, bom dia! Ah, não são muitos dias para conhecer um local tão grandioso como o Kruger. Mas qualquer tempo no parque é um tempo bem aproveitado!


Como você tem poucos dias disponíveis, acho que deveria ir direto para o parque (se conseguir um campo disponível próximo ao portão de entrada) ou então para alguma cidade nas proximidades (acho que existem várias opções a escolher), apenas para se preparar e entrar no parque no dia seguinte logo cedo (cedo mesmo, tipo 5h30 da manhã). Dessa maneira você conseguiria aproveitar uns dois dias e meio no parque, o que não é muito, mas vai dar para você sentir o gostinho do Kruger! E, com certeza vai querer voltar para conhecer mais!

Em relação ao late entry, de acordo com informações do site oficial, o custo é de 150 rands por veículo, mas apenas para alguns campos específicos, e até as 21h (o que eu acho seria suficiente para você, mesmo contando com eventuais atrasos).

Se você conseguir fazer a reserva em algum desses campos (eu recomendo o Skukuza, se for possível), acho que pode valer a pena. No momento da reserva, tente informar o seu horário previsto de chegada para que o transporte seja organizado com antecedência. Mas, de qualquer forma, parece que a cada 30 minutos (entre o fechamento do portão e as 21h) alguém acompanha os veículos até do portão até o campo.

Para maiores informações, veja esse link:  http://www.sanparks.org/parks/kruger/get_there/default.php

2 comentários:

  1. Oi Luiz, estou indo para Mauricius e Cape Town agora dia 2/11, apesar de corrido queria muito fazer um safari. Não precisa ter aqueles jogos queria apenas ver os Big Five. Teria que ser por uma noite. Oque me sugere??
    Obrigada
    Priscilla

    ResponderExcluir
  2. Oi Priscilla, tudo bem? O problema de fazer um safári por conta própria é que não há garantias de conseguir localizar os animais, já que eles ficam soltos em parques nacionais muito grandes - as vezes do tamanho de países inteiros! Como você só dispõe de uma noite, acho que seria melhor você procurar um parque privado, que são como pequenas reservas, onde os animais ficam soltos, mas de forma controlada. Assim, é mais fácil de localizá-los em um safári guiado. É claro que assim você perde um pouco da sensação de liberdade e do espírito selvagem, mas como você tem pouco tempo, acho que é a melhor opção. Próximo ao Kruger existem várias opções de hospedagem com essas características. Se o seu vôo fizer alguma escala em Johanesburgo, pode ser uma boa aproveitar e passar um dia em algum desses locais. Qualquer dúvida, me mande um email que terei prazer em ajudar! Abraços, Luiz. Ah, e obrigado pela visita, hein! Volte sempre!

    ResponderExcluir