segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Perguntas e Respostas: Roteiro para Peru e Bolívia, 17 dias.


Sempre recebo e-mails e mensagens de pessoas com dúvidas sobre viagens. São perguntas sobre roteiros, atrações, hospedagem, dinheiro, passagens aéreas, etc. Então, resolvi criar uma seção de perguntas e respostas, que postarei aqui no Cruzando Fronteiras sempre que houver alguma pergunta interessante e que eu ache que possa ser útil para os demais leitores. Portanto, se você tiver alguma dúvida ou quiser uma ajuda no planejamento de sua viagem, é só entrar em contato. Se puder, adorarei ajudar! E quem sabe sua pergunta não aparece aqui no Blog. Vamos à pergunta do dia!

Oi Luiz! Estou organizando uma ida ao Peru agora em outubro, de 11 a 28. Serão 17 dias. Estava pensando se daria para conhecer também alguma coisa na Bolívia (como, por exemplo, Sucre, La Paz e Copacabana). É uma viagem rápida, eu sei... No Peru queria ir a Lima, Arequipa, Cuzco, Ollantaytambo, Machu Picchu e Puno. Minha pergunta é: qual o melhor destino de entrada? Entro por La Paz e volto por Lima? Ou entro e saio por La Paz? Se tiver como, faz um roteirinho aí pra mim, com dicas de locais que devo conhecer e, dentre os que citei, o que não devo conhecer devido ao tempo. Vou de avião, saída de Belo Horizonte, MG. Ah, outras dúvidas: estou tirando o passaporte ainda, tem algum prazo para entrada nesses países? Como faço para agendar Machu Picchu aqui do Brasil?  Obrigada! Um abraço, Andréa.

 Oi Andréa, tudo bem? Com 17 dias disponíveis, acho que é possível você conhecer o sul do Peru, e ainda dar uma passada em La Paz e Copacabana. Chegando por La Paz e retornando por Lima, você poderia fazer um roteiro mais ou menos assim:

La Paz (3 noites) – Ônibus, aproximadamente 3,5 horas - Copacabana (2 noites) – Ônibus, aproximadamente 3,5 horas - Puno (2 noites) – Ônibus, 5 a 6 horas - Arequipa (2 noites) – Ônibus noturno, aproximadamente 9 horas - Cuzco (4 noites, incluindo Macchu Picchu e o Vale Sagrado) –  Ônibus noturno, 14 a 16 horas - Nazca (2 noites) – Ônibus, aproximadamente 7 horas - Lima (2 noites).

Se você achar o roteiro um pouco corrido, acho que você poderia retirar Nazca do roteiro, colocando mais um dia em Arequipa e outro em Cuzco. Assim, você evitaria uma viagem cansativa de ônibus entre Cuzco e Nazca. E pegaria um vôo direto de Cuzco a Lima, economizando um precioso tempo. Os vôos internos no Peru não são muito caros, então vale a pena. Mas, de qualquer forma, acho que as duas opções são boas para um roteiro de apenas 17 dias, conhecendo bem a região.

Sobre Macchu Picchu, é muito importante você reservar o bilhete de trem e a entrada para as ruínas com antecedência, pela internet! O processo é bem simples e fácil. Você tem que acessar o site da Peru Rail (www.perupail.com) e comprar o bilhete do trem. Depois, acesse o site oficial de Machu Picchu (http://www.machupicchu.gob.pe) e compre o ingresso de entrada.

É importante que você compre o bilhete de trem com bastante antecedência, já que eles costumam esgotar bem rapidamente. E é importante também você comprar a ida no trem no primeiro horário e a volta o mais tarde possível, garantindo assim o maior tempo possível em Machu Picchu. Atente para as estações de partida e chegada do trem, comprando a ida e a volta para a mesma estação, de Cuzco.

Em relação à documentação, você só precisa levar o seu passaporte e o mais importante: o certificado de vacinação da febre amarela! Não se esqueça de providenciar esse certificado, senão não poderá viajar!

Bom, espero ter ajudado! E qualquer outra dúvida, é só perguntar!


Nenhum comentário:

Postar um comentário