quarta-feira, 1 de junho de 2011

Perguntas e Respostas: Como acho um caixa automático do meu banco para efetuar saques no cartão de débito?

Sempre recebo e-mails e mensagens de pessoas com dúvidas sobre viagens. São perguntas sobre roteiros, atrações, hospedagem, dinheiro, passagens aéreas, etc. Então, resolvi criar uma seção de perguntas e respostas, que postarei aqui no Cruzando Fronteiras sempre que houver alguma pergunta interessante e que eu ache que possa ser útil para os demais leitores. Portanto, se você tiver alguma dúvida ou quiser uma ajuda no planejamento de sua viagem, é só entrar em contato. Se puder, adorarei ajudar! E quem sabe sua pergunta não aparece aqui no Blog. Vamos à pergunta do dia!

Eu vi em um post anterior seu que você recomenda que utilizemos cartão de débito para retirar todo o dinheiro possível, no meu caso seria o Santander, mas é justamente isso que me intriga: eu encontrarei lá em Polônia um caixa eletrônico do Santander?

Para efetuar saques no exterior, você não precisa sacar nos caixas do Santander ou qualquer outro banco específico, emissor do seu cartão. Se você reparar bem, o seu cartão de débito deve ter um símbolo PLUS ou CIRRUS escrito no verso. Você então deve procurar qualquer caixa com um desses símbolos e sacar nesses terminais usando a mesma senha que você usa normalmente no Brasil. Praticamente todos os caixas eletrônicos permitem esses saques. Eu já utilizei esse sistema na Europa e em outros locais, como África do Sul, Marrocos, Colômbia e Venezuela, e pude sacar em quase todos os caixas que encontrei na rua! É muito fácil e simples.

O importante é você liberar esses saques internacionais no seu banco aqui no Brasil, pelo telefone ou internet. E também não deixe de conferir quais são as taxas cobradas para efetuar cada saque. Eu sempre uso o meu cartão do Itaú, que me cobra nove reais a cada saque, ou do Bradesco, que me cobra quinze reais por saque! Nos dois casos eu tenho que entrar em contato com o banco a cada viagem e comunicar.

Ah, e quando foi sacar, sempre opte pela opção débito (checking account) e não no crédito, para evitar o pagamento de juros.

Para evitar riscos, leve sempre dois cartões de débitos de bancos diferentes e também um cartão de crédito, para compras maiores. Além disso, vale a pena levar também um pouco em dinheiro vivo, para situações de emergência ou para quando você se encontrar sem dinheiro e sem um caixa próximo.

Para mais informações sobre saques no exterior, veja este artigo aqui do blog. Lá você encontrará mais informações sobre dinheiro em viagens, inclusive comparando as taxas cobradas por cada banco.

Boa viagem!


Nenhum comentário:

Postar um comentário