segunda-feira, 17 de junho de 2013

Vai viajar em julho? Veja para onde ir e para onde não ir.

Julho, a princípio, não é um bom mês para viajar. Na Europa, multidões de turistas lotam as cidades e os preços sobem de acordo. Longas filas nos pontos turísticos prejudicam qualquer passeio. E há ainda a questão do clima no sul europeu, bem mais quente do que a maioria das pessoas imagina, com temperaturas passando dos trinta graus. Outros locais, como o Egito e o Marrocos, também sofrem com o insuportável calor de verão no deserto. Os destinos de neve na América do Sul estão no auge da temporada, fazendo com que os preços subam muito e com que as vagas nos hotéis e pousadas fiquem escassas.

Mas caso este seja o mês de suas próximas férias, não se preocupe. Com cuidado, encontramos alguns locais onde um viajante pode aproveitar com calma este complicado mês. Segue abaixo cinco dicas de locais para onde ir nesse mês de julho que se aproxima (e alguns locais onde é melhor deixar para depois).

1 – Canadá

Grande parte do Canadá permanece um enorme horizonte nevado na maior parte do ano, mas retorna com vida e beleza nos meses de verão. Nessa época tudo fica colorido, com pessoas tomando banho de sol nas praças públicas e parques. Vancouver em julho está em seu melhor momento, com temperaturas agradáveis e uma vida cultural bastante ativa. Conhecendo a cidade, não deixe de aproveitar a incrível vista no Stanley Park e não se esqueça de passear de kayak pela bela costa da cidade.

2 – Noruega

Após um inverno de uma quase constante escuridão, a Noruega começa e ver a luz em julho. Dirija-se ao ponto mais ao norte da Europa, Knivskjellodden, e observe o sol da meia-noite neste local que parece ser  o fim do mundo. Muitos habitantes locais vão estar passando suas férias no sul da Europa e, assim, o viajante poderá aproveitar com calma e tranqüilidade este belo país. Aproveite os verdes campos e saboreie os morangos e demais frutos de verão, abundantes e relativamente baratos. Os preços locais podem assustar um pouco, mas no final vai valer a pena.

3 – Bolívia

Tão próxima do Brasil e, mesmo assim, muitas vezes esquecida, a Bolívia tem muito a oferecer aos viajantes, em especial àqueles que buscam aventuras, belos cenários e uma experiência cultural única. Conheça a bela Sucre, com seus cenários coloniais. Mergulhe no mundo subterrâneo das históricas minas de Potosí, situadas a mais de quatro mil metros de altitude. Se encante com o cenário do Salar de Uyuni, que parece pertencer a outro mundo. Observe o povo local nas movimentadas ruas de La Paz. E, por fim, descanse na plácida cidade de Copacabana, nas margens do Lago Titicaca. Os preços convidativos são um atrativo extra desta viagem que certamente será uma das suas mais marcantes experiências.

4 – Colômbia

A Colômbia pode ser considerada um destino emergente para os brasileiros. Muitos estão descobrindo os encantos de Cartagena, uma pérola caribenha com suas muralhas incríveis, belos fortes históricos e boa gastronomia. Outros preferem aproveitar às belíssimas ilhas caribenhas, sendo a mais procurada delas a incrível San Andrés. Mas a Colômbia tem muito mais a oferecer. O centro arqueológico de San Augustín, no sul do país, é um tesouro ainda pouco conhecido, contendo estátuas de até três mil anos de idade. Medellín e Bogotá são centros urbanos interessantes, que oferecem de grandes museus arqueológicos a um  cenário cultural e artístico movimentado. Há ainda a bela Villa de Leyva, o centro histórico de Popayan, com suas casinhas pintadas de branco, e o divertido Parque Nacional del Café.

5 – Indonésia


Com a temporada de chuvas já distante, julho é o melhor mês para conhecer a Indonésia. Comece sua visita por Borobudur, em Java o maior monumento budista do país e uma atração considerada por muitos tão grandiosa como Agnor Wat. Aproveite também o belo cenário da região, com seus campos verdes de palmeiras. E não deixe, é claro, de visitar Bali,  o destino mais popular do país, com sua cultura unica, praias  paradisíacas e regiões de montanhas espetaculares.





É melhor não ir agora para:

1 – Marrocos

O Marrocos é um belo país, com grandes atrações e muitos encantos. Mas o clima nesse período é extremamente quente, prejudicando turistas e viajantes. A situação fica ainda pior se você planeja conhecer a região desértica próxima a Merzouga. Não deixe de conhecer esse destino incrível, mas é melhor adiar um pouco seus planos!

2 – Paris

No auge das férias de verão na Europa e nos Estação Unidos, uma multidão se dirige à capital de França em busca de seus inúmeros atrativos. As filas para conhecer a Torre Eiffel ou os grandes museus ficam bastante desagradáveis, e os preços, já bastante caros, ficam ainda mais proibitivos. Prefira conhecer Paris ou a França em outra época, preferencialmente nos meses de primavera ou no outono, quando a região fica ainda mais linda e um pouco mais vazia.

3 – Itália

Semelhante ao que ocorre na França, a Itália também sofre com a invasão dos turistas de verão. Roma, Veneza e Florença ficam lotadas nos meses de julho e agosto, tornando o turismo nesses locais um pouco menos agradável. Além disso, a temperatura em Roma sobe bastante nesse mês, ficando muitas vezes acima dos trinta graus Celsius. Se você conseguir resistir, espere um pouco mais para conhecer essa linda capital.

4 – Ibiza

Sim, o clima vai estar muito quente, o mar agradável e a vida noturna agitada. Mas a costa espanhola (assim como o litoral francês e o italiano) vai estar lotada de veranistas. Espere mais um pouco, e você aproveitará Ibiza ao máximo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário