terça-feira, 31 de maio de 2011

Perguntas e respostas: Uma semana no Peru. Para onde ir?

Sempre recebo e-mails e mensagens de pessoas com dúvidas sobre viagens. São perguntas sobre roteiros, atrações, hospedagem, dinheiro, passagens aéreas, etc. Então, resolvi criar uma seção de perguntas e respostas, que postarei aqui no Cruzando Fronteiras sempre que houver alguma pergunta interessante e que eu ache que possa ser útil para os demais leitores. Portanto, se você tiver alguma dúvida ou quiser uma ajuda no planejamento de sua viagem, é só entrar em contato. Se puder, adorarei ajudar! E quem sabe sua pergunta não aparece aqui no Blog. Vamos a pergunta do dia!
Estou planejando uma viagem ao Peru. Mas só tenho uma semana de férias. Para onde devo ir e o que devo ver?
É evidente que uma semana não é suficiente para conhecer o Peru. Nem mesmo para visitar suas principais atrações. Assim, é melhor você restringir sua viagem ao que mais te interessa. No seu caso, aposto que é Machu Picchu! Então, é melhor ir direto ao ponto. Para conhecer à Machu Picchu, você deve primeiro se dirigir à Cuzco, ponto de partida para chegar à mais famosa atração peruana. Mas a cidade de Cuzco é também uma grande atração para qualquer viajante nas terras incas. E para conhecer a cidade e os inúmeros pontos de interesse em seu entorno, na região conhecida como Vale Sagrado dos Incas, você precisará de pelo menos quatro dias. Se incluirmos o dia de visita à Machu Picchu, temos já cinco dias de suas férias ocupados nessa bela região. Para os dois dias restantes, temos duas opções:
a)      Aproveitar a escala do seu vôo em Lima e passar os dois dias iniciais de sua viagem conhecendo a bela capital peruana, com sua impressionante arquitetura colonial. Hospede-se no bairro de Miraflores, aproveite a costa do pacífico, os interessantes museus e a vida cultural da cidade. Faça essa parada no vôo de ida, deixando o melhor – Machu Picchu – para o final!
b)      Partir de Cuzco de ônibus e ir à cidade de Puno, nas margens do Lago Titicaca. A cidade em si nem é tão bela, mas a beleza do lago compensa, assim como as incríveis e famosas ilhas flutuantes. Saia pela manha de Cuzco, chegando a Puno no início da tarde. Ao chegar, reserve o passeio às ilhas flutuantes para a manhã seguinte e vá conhecer a cidade e as margens do Titicaca. Na manhã seguinte, faça o famoso passeio, tire muitas fotos e ao regressar, retorne direto para Cuzco. De lá, tome seu vôo para o Brasil!  
Tendo tão poucos dias disponíveis, é importante maximizar seu tempo útil. Sendo assim, procure vôos diretos e que saiam em horários convenientes – ou seja, que não te façam perder muito tempo indo e vindo! Se possível procure um vôo que te leve do Brasil à Cuzco, evitando fazer o trajeto Lima-Cuzco de ônibus. Apesar de ser mais barato do que a passagem de avião, esse trajeto rodoviário leva até 24 horas, o que seria um desperdício enorme no seu caso!
Pela TACA ou pela TAM é possível comprar bilhetes do Brasil até Cuzco, com escala em Lima. Pergunte à companhia sobre a possibilidade de fazer um stop-over em Lima, se quiser conhecer a cidade. Se não for possível, compre a ida até Lima e a volta a partir de Cuzco. Depois compre o bilhete Lima-Cuzco em separado, nas empresas Peruvian Airlines ou Star Peru, que são mais econômicas (o trecho custa aproximadamente U$ 100).
Se você conseguir mais alguns dias de férias, não deixe de conhecer a bela cidade de Arequipa, ou as famosas Linhas de Nazca. Ambas são grandes atrações que merecem uma visita!
Para conhecer mais sobre o Peru, não deixe de ler um bom guia ou então acessar os sites sugeridos para o planejamento de sua viagem. Ah, e sobre como levar seu dinheiro, veja nesse artigo as melhores opções!
Boa viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário